Saltar para o conteúdo principal da página
A carregar...

Ficha de projeto

Nome

Escola Ciência Viva, Galeria da Biodiversidade - CCV

Valor total do projeto

32,52 mil €

Valor pago

4,23 mil €

Financiamento não reembolsável

32,52 mil €

Financiamento por empréstimos

0 €

Data de início

01.01.2021

Data de conclusão

30.06.2026

Dimensão

Resiliência

Componente

Qualificações e competências

Investimento

Impulso Jovens — CTEAM

Código de operação

05/C06-i04.02/2022.P80

Sumário

Com recurso a uma seleção de atividades práticas alinhadas com as Aprendizagens Essenciais, a Galeria da Biodiversidade Centro Ciência Viva propõe um programa educativo dedicado, através do qual se pretende promover o desenvolvimento do conhecimento científico, técnico e tecnológico, assim como de competências essenciais, nomeadamente no que diz respeito à capacidade de raciocínio e de resolução de problemas, ao pensamento crítico e criativo, ao relacionamento interpessoal e à autonomia, na área disciplinar de Estudo do Meio. A finalidade essencial desta oferta educativa passa pela consciencialização dos alunos participantes para a importância do papel desempenhado por cada um de nós no conhecimento e preservação do ambiente, bem como para o reconhecimento do impacto da atividade científica neste âmbito, como forma de assegurar a sustentabilidade da vida e do planeta Terra. A Escola Ciência Viva da Galeria da Biodiversidade iniciará a sua atividade no próximo ano letivo (2023/24), em setembro, recebendo alunos do 4.º ano do 1.º ciclo do Ensino Básico que participarão nas atividades sumariamente descritas na matriz provisória disponível na memória descritiva apresentada em anexo. O horário de funcionamento da Escola Ciência Viva corresponde ao horário escolar semanal da escola que os alunos frequentam. Assumindo-se a Galeria da Biodiversidade como um espaço onde a ciência entra em diálogo com a arte, uma das caraterísticas distintivas da sua Escola Ciência Viva passa pelo envolvimento, a par de cientistas, de artistas que possam partilhar a sua experiência com as crianças. E é desta vontade de introduzir um elemento de autenticidade, ampliando a visão dos alunos acerca da realidade e dos fenómenos que caraterizam a vida através da exploração de áreas de interface, que surge o conceito da ação Encontro com o Artista, que se irá associar ao já tradicional Encontro com o Cientista. Estas duas ações, que terão lugar à sexta-feira, serão promovidas em parceria com a Escola Ciência Viva do Planetário do Porto e com outras entidades parceiras, algumas da quais já identificadas nesta candidatura, podendo não decorrer no espaço da Escola Ciência da Viva da Galeria da Biodiversidade, mas sim no espaço de um dos seus parceiros neste projeto. Adicionalmente, importa também destacar a intenção de se convidar a comunidade envolvente, incluindo pais e encarregados de educação, para participar em algumas ações. Desta forma, criar-se-ão oportunidades de aproximação entre a ciência e a sociedade, numa perspetiva de promoção de uma cidadania científica ativa. Com isto, pretende-se que a comunidade escolar se sinta envolvida em assuntos relativos ao ambiente onde vive e do qual faz parte. Importa igualmente referir que a parceria estabelecida com o Município do Porto para o funcionamento desta Escola Ciência Viva determina que o transporte e a alimentação dos alunos participantes serão assegurados pela Câmara Municipal do Porto.

Beneficiários

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, existem duas tipologias de beneficiário que têm a responsabilidade de executar os projetos, aplicando o financiamento recebido. Dado o seu papel comum, a referência a estas duas tipologias de beneficiário foi simplificada e unificada no termo “Beneficiário”.
As duas tipologias são:
  • Beneficiários Diretos são aqueles cujos financiamento e projetos a executar constam do Plano de Recuperação e Resiliência negociado e aprovado pela União Europeia;
  • Beneficiários Finais são aqueles cujos financiamento e projetos a executar são aprovados após um processo de seleção, feito através de Avisos de Candidaturas.

Aviso de Candidaturas

Na realização dos Avisos de Candidaturas são solicitadas candidaturas para a escolha dos projetos e dos beneficiários finais a quem é atribuído o financiamento.

A avaliação do projeto é realizada com base na sua conformidade com os critérios de seleção definidos nos avisos de candidatura, podendo ser atribuída uma nota final, quando aplicável.

Nota final da avaliação

8,0
Nota importante

Poderá encontrar os componentes do cálculo da nota de avaliação no documento de critérios de seleção referenciado em baixo.

Critérios de seleção

Os critérios de seleção de financiamento a que este projeto e respetivo beneficiário final esteve sujeito e a sua classificação podem ser consultados em detalhe na plataforma Recuperar Portugal.

Beneficiários

Beneficiários intermediários

Beneficiários

Contratação pública

Os Beneficiários que sejam entidades públicas operacionalizam o seu projeto através da celebração de um ou mais contratos de fornecimento de bens ou serviços com entidades fornecedoras, através de procedimentos de contratação pública.

De forma a garantir e disponibilizar o máximo de transparência na contratação pública, é aqui disponibilizada a listagem dos contratos que foram celebrados ao abrigo deste projeto e respetivo detalhe que poderá consultar na plataforma Base.Gov. De realçar que de acordo com a legislação em vigor no momento da celebração do contrato, existem exceções que não exigem a sua publicação nesta plataforma, pelo que nesses casos, poderá não existir informação disponível.

Distribuição geográfica

32,52 mil €

Valor total do projeto

Percentagem de valor já pago para a execução de projetos

, 13 %,

Onde foi aplicado o dinheiro

Por concelho

1 concelho financiado .

  • Porto 32,52 mil € ,
Fonte AD&C, EMRP
12.07.2024